A salvação da humanidade: você e Arte

Não conheço uma só palavra que seja passível de definição sem estar inserida num contexto. “Arte”, por exemplo, na música é a ópera, a canção, a peça; na dramaturgia, é o teatro, o roteiro; na cinematografia, é o cinema; nas artes plásticas, é a tela, a pintura; na literatura, é a poesia, o conto, o romance; e poderia ir assim infinitamente.

Continuar lendo A salvação da humanidade: você e Arte

Onde você esconde sua paciência?

Por que você é tão… impaciente?

Não existe resposta certa, qualquer coisa pode ser motivo para perder sua paciência – discussões familiares, com colegas; pressão no trabalho ou estudos; o mundo, pessoas, a vida. Mas não é porque tudo pode ser motivo de estresse, que você deveria se estressar por tudo.

Continuar lendo Onde você esconde sua paciência?

Quantas maravilhas te passam despercebidas?

À primeira vista uma maçã apodrecendo, o balançar de braços, gotas de água caindo do céu, a cicatrização de uma ferida e a existência do sol, soam como acontecimentos triviais. Por que então entender mais?

Continuar lendo Quantas maravilhas te passam despercebidas?

A aceitação reduz o sofrimento

Por volta dos meus 10 anos minha cachorra morreu. Lembro de minha mãe dando a notícia e eu balançava a cabeça dizendo “não, não, não”. Não conseguia aceitar, não queria aceitar. Como poderia? Falaram que minha melhor amiga não está mais na Terra – e eu não estava pronta para viver sem ela.

Continuar lendo A aceitação reduz o sofrimento