slice of lemon, lemon, small bubbles-2135548.jpg

Por que somos tão azedos?

Poesia…

éramos tão jovens… 
e a imaginação na rua, as palavras tolas que trocávamos, 
o doce luar acima de nossas cabeças,
os passeios e os castelos de areia,
os beijos nos machucados, 
as orações para as padroeiras, tudo isso ou menos mais:
nos bastava.

crescemos
velhos, ranzinzas e azedos;
qualquer motivo acaba em discussão, 
a mínima dor nos quebra o coração;
o sol não brilha o suficiente,
o dinheiro já não me é o bastante,
o tempo, escasso;
o trabalho, infeliz;
a família, traição;
e os momentos bons, não são mais que pura ilusão
e o que prova isso é
que quando olhamos para a vida
não enxergamos nada. 

hoje em dia, temos tudo,
mas nada nos basta -
quando velho, sonha em ser jovem,
mas jovem com cabeça de velho não apreciará nada,

porque nada nos basta.

- uma fruta ao amadurecer fica doce, por que nós,
azedos?

Agora é sua vez de escrever!